Anuncie Aqui

Web Rádio  Raphael Belo Xote

João de Deus se torna réu por violação sexual e estupro de vulneráveis

Resultado de imagem para João de Deus

O médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, tornou-se réu e responderá na Justiça por violação sexual mediante fraude e estupro de vulneráveis. A denúncia,  oferecida no fim de dezembro pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO), foi recebida nesta quarta-feira (9) pela juíza Rosângela Rodrigues dos Santos. A defesa do médium não se manifestou até o momento sobre a decisão. Preso desde o mês passado, João de Deus foi denunciado por supostos crimes cometidos em quatro ocasiões, entre abril e outubro do ano passado. A denúncia se baseou nos depoimentos prestados por 19 mulheres que se apresentaram como vítimas do líder espiritual, que já foi acusado por ao menos 260 mulheres de ter praticado abusos durante atendimentos na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia.O recebimento da denúncia significa que a magistrada do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) considerou haver elementos suficientes para abrir uma ação penal, mas não entra no mérito das acusações. A defesa do médium terá agora prazo de dez dias para apresentar suas alegações e pedir a produção de provas e apontar testemunhas.  O recebimento da denúncia se dá no mesmo dia em que o médium prestou seu segundo depoimento à polícia . Ele foi interrogado pela manhã na agência prisional de Aparecida de Goiânia (cidade onde está preso) para explicar a posse ilegal de armas apreendidas durante o cumprimento de mandados em sua casa. 
Tecnologia do Blogger.