Anuncie Aqui

Web Rádio  Raphael Belo Xote

Veja: Bebianno deixou carta para ser aberta se ele for morto

Gustavo Bebianno teria deixado uma carta para ser aberta caso sofresse um atentado.
Ele nega a carta – mas a Veja mantém a informação.
A paz está selada, mas Gustavo Bebianno é um homem prevenido. Com medo das ameaças que recebeu, ele escreveu cartas para duas pessoas com os nomes de quem estaria interessado em lhe causar algum mal. “Se algo acontecer comigo, abram”.
Essa nota da Veja se soma ao vazamento de uma capa da revista IstoÉ, mostrando supostos segredos de Bebianno.

O site Forum vazou a capa da revista IstoÉ anunciando as supostas bombas de Gustavo Bebianno demitido por Jair Bolsonaro
Texto da Forum.
IstoÉ diz que os assuntos envolvem a contabilidade eleitoral da campanha de Jair Bolsonaro (PSL), “feita pela sua esposa, a advogada Renata Bebianno”, os repasses “milionários” do PSL para as candidaturas nos Estados e os bastidores do processo no STF que evitou que Bolsonaro se tornasse inelegível.
Na mesma capa, uma chamada em destaque logo acima ataca frontalmente o já combalido Flávio Bolsonaro (PSL), o 01 do clã Bolsonaro, dizendo que uma “irmã de milicianos assinava cheques em nome de Flávio Bolsonaro, enquanto a sócia mantinha empresa paralela para administrar candidaturas laranjas”.

A publicação dá sequência à séria de ataques desferidos por Bebianno desde que deixou a presidência e declarou guerra ao clã Bolsonaro. Acusado por Jair Bolsonaro de “mandar” no site O Antagonista, Bebianno já deu entrevistas a veículos conservadores como a revista Crusoé e a rádio Jovem Pan, além de vazar suas conversas de whatsapp para a Veja.
Tecnologia do Blogger.