Anuncie Aqui

Web Rádio  Raphael Belo Xote

Trabalhadores protestam contra a reforma da previdência



O dia 1º de maio deste ano, Dia do Trabalhador, será marcado em todo Brasil, por manifestações de protesto contra a reforma da previdência proposta pelo presidente Bolsonaro. Por meio de Emenda à Constituição Federal, o Governo pretende restringir o acesso dos trabalhadores urbanos e rurais aos benefícios previdenciários e transformar o atual sistema público e solidário em um sistema de capitalização em que o trabalhador terá que contribuir durante 40 anos e ter idade mínima de 65 anos homem e 62 anos mulher para obter o direito a aposentadoria. Em mais uma demonstração de resistência a essa proposta, trabalhadores e trabalhadoras do Cariri realizarão Caminhada, na próxima terça-feira, dia 30 de abril, com concentração em frente à sede do INSS do Crato, a partir das 9 horas, para em seguida percorrer ruas do centro da cidade.

Tecnologia do Blogger.