Anuncie Aqui

Web Rádio  Raphael Belo Xote

Homem é preso em flagrante por estupro de adolescente de 13 anos em Fortaleza

Márcio da Silva Souza, de 19 anos, foi preso em flagrante. (FOTO: Reprodução/SSPDS) 

Um homem foi preso por suspeita de estuprar uma adolescente de 13 anos em uma das casas do Parque da Criança, no Centro de Fortaleza, nesta terça-feira (25). Ele assaltou a garota e a obrigou a subir numa bicicleta para depois levá-la ao local do abuso. A Polícia Militar prendeu em flagrante Márcio da Silva de Souza, de 19 anos, que foi levado a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca), da Polícia Civil. 

Outras duas vítimas reconheceram o criminoso. Policiais Militares que faziam ronda na área foram acionados via Ciops para o local, com a denúncia de estupro em andamento. Ao chegar em um dos imóveis no Parque da Criança, realizaram buscas no local e avistaram o suspeito que estava de posse de uma faca e com as calças baixadas, com a jovem no local. A vítima foi acolhida e o rapaz preso. A Polícia também apreendeu a faca usada para ameaçar a menina, além de uma mochila com um caderno e um celular, possivelmente material roubado de outra ação. 

Além disso, um cadeado, uma corrente e duas camisas, que o suspeito trocava para tentar despistar os policiais. Márcio da Silva foi conduzido a Dceca, onde inquérito foi instaurado. O suspeito já possuía antecedentes criminais por roubo e tráfico de drogas, e foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável. A adolescente foi encaminhada para exames e também vai passar por atendimentos prestados a vítimas de estupro. 

Ainda de acordo com a SSPDS, uma adolescente de 14 anos e uma mulher de 19 se apresentaram para reconhecer Márcio de Souza como autor dos crimes contra elas. As duas haviam registrado Boletim de Ocorrência por tentativa de estupro e estupro, respectivamente. O primeiro foi no dia 18 de junho, no bairro de Fátima, e o segundo no dia 7, também deste mês, no Centro. As investigações seguem sob responsabilidade da Dceca. 

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelos números (85) 3101.2044 / 3101.2045, da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca). O sigilo e o anonimato são garantidos.

fonte: Tribuna do ceará
Tecnologia do Blogger.