Anuncie Aqui

Web Rádio  Raphael Belo Xote

Zé Ricardo completa 30 dias no Fortaleza com baixo aproveitamento

Após a saída do técnico Rogério Ceni, em 11 de agosto, a diretoria do Fortaleza teve que decidir rapidamente qual nome seria o substituto do treinador que é considerado o mais vitorioso da história do clube. Zé Ricardo foi o primeiro contactado e a negociação não demorou: 24 horas depois, em 12 de agosto, ele já era anunciado como o comandante leonino para o restante da temporada. Hoje, um mês após o anúncio, o carioca de 48 anos tem a missão de conseguir consolidar modelo de jogo e melhorar o aproveitamento para manter o time na Série A.
Zé Ricardo tem quatro jogos, com duas derrotas, uma vitória e um empate. A campanha, apesar de curta, já mostra oscilação, com alternância entre bons e maus momentos. Se foi capaz de buscar empate histórico em 3 a 3 contra o Santos, em plena Vila Belmiro, após estar perdendo por 3 a 0, o Leão do Pici também foi derrotado em casa para Internacional e Fluminense.
Este último, um confronto direto contra um adversário que está no Z-4 e é forte candidato ao descenso, o que já rendeu as primeiras críticas da torcida. O desempenho de Zé Ricardo é de 33,3% dos pontos disputados, o que fez o percentual de aproveitamento geral do Leão na competição cair de 40,5% para 38,9%.
O único triunfo foi sobre o Goiás, por 2 a 0, em jogo que o Leão do Pici de fato jogou bem, mas atuou a maior parte com um atleta a mais, já que o time esmeraldino teve jogador expulso aos 36 minutos do 1º tempo. As atuações abaixo do esperado são reflexos do período de adaptação que o elenco ainda passa para entender as ideias do novo comandante.
Fonte: Diário do nordeste 
Tecnologia do Blogger.